maritimas

Obras Marítimas

São de destacar vários tipos de obras levadas a cabo pela Somague: portos, molhes e quebra-mares, diques, cais, emissários, dragagens, marinas, terminais de contentores, de cruzeiros, petrolíferos e de GNL, etc.

A sua expertise nesta área estende-se de Portugal a Espanha, Marrocos, Angola, Cabo Verde, Moçambique, Brasil ou Venezuela.

A Somague foi responsável por vários projetos, entre os quais: a ampliação do Porto do Funchal (Madeira) em 1962, a remodelação do Porto de Leixões (Porto, Portugal) em 1968, a ampliação do Porto de Luanda (Angola) em 1968, o estaleiro da Setenave (Setúbal, Portugal) em 1975, a ampliação do Porto de La Guaira (Venezuela) em 1980, o Porto de Sines – terminal de carvão (Portugal) em 1987, os Portos do Maio, Mindelo e Boavista (Cabo Verde) em 1997, o hydrolift no Estaleiro da Mitrena (Portugal) em 2000, bem como o terminal de petróleo de Mohammedia (Marrocos), a reabilitação do Porto de Jorf Lasfar (Marrocos) em 2002, a Reabilitação do Porto da Praia da Vitória (Açores – Portugal), em 2007, a Construção do Molhe Este no Porto de Valência (Espanha), em 2007 e dos Molhes do Douro (Portugal), em 2008.

Projetos em destaque

ÁREAS DE NEGÓCIO

CONCESSÕES

AMBIENTE